EUTRO (2008)

 Um jogo perverso marca o reencontro amoral entre quatro amigos numa noite que parte do nada a lugar algum. A idéia fundamental desse trabalho é de explorar os limites entre a realidade e a ficção presentes num teatro, desrespeitando qualquer regra que possa ser considerada essencial para um tipo de teatro mais tradicional. Essa idéia é configurada desde a disposição do público no espaço intimista até as atitudes dos atores em cena que não buscam qualquer efeito “teatral”. A peça se passa num pequeno apartamento, onde quatro amigos se reencontram numa noite chuvosa. A relação fraterna presente entre os quatro, aos poucos se transforma em um jogo, despertando fragilidades e aflorando violência, simulação, desafeto, traições e decepções.

Direção Rodrigo Fischer

Com Márcio Minervino, Micheli Santine, Osmar Bertazzoni Neto e Súlian Princivalli

Iluminação Diego Bresani.

Produção Grupo Desvio

Eutro Fotos.1

Eutro Fotos.2

Eutro Fotos.3

Eutro Fotos.5